sexta-feira, 23 de março de 2007

PM's espancam até a morte o artista negro Gerô


Escrevo esse texto com um profundo sentimento de revolta, Meu raciocínio não está funcionando 100% muito menos minha veia crítica, mais que necessária num texto como esse; De maneira atroz e estúpida foi espancado até a morte o artista popular ‘Gêro’. Segundo a versão que circula pelos jornais de São Luís ele foi vítima de policiais militares que o teriam acusado de assalto a uma senhora na cabeceira da ponte do São Francisco. Os mesmos espancaram o artista popular praticamente até a morte. O delegado Castelo Branco presenciou o fato: “Vi e fiquei impressionado com as cenas de violência desnecessárias contra o rapaz. Pedi que parassem, mas não fui atendido. O rapaz estava desacordado, parecia morto, e mesmo assim era espancado pelos soldados. Ele estava algemado, com as mãos para trás. Gritei com eles e, nesse momento, chegou uma viatura da Polícia Civil e nós fizemos o transporte da vítima até o Socorrão. Foi uma cena lamentável”, afirmou o delegado Castelo Branco.

Eu estive com Gero há uma semana quando ele me pediu o e-mail do Prof Sérgio Amadeu na Praia Grande. Quando da estada do Prof em nossa cidade Gero fez um repente para mostrar a riqueza e a criatividade de nossa cultura popular. O Prof. Comprou o Cd de Gero e disse a ele que o colocaria na internet par que todo o mundo pudesse contemplar a sua arte. lamentável a sua perda.

Diante da onda de violência que toma conta do noticiário nacional, nós somos compelidos a levantar a discussão da segurança pública em nossa cidade. Primeiro somos informados de que policiais militares estão envolvidos no assassinato do prefeito de Presidente Vargas. Agora somos aterrorizados com a notícia de que Gerô foi brutalmente espancado por PMs ate a morte. Qual será a próxima notícia? Diante dos fatos não podemos ficar calados. Precisamos nos manifestar por uma segurança pública eficiente. Precisamos nos indignar contra policiais despreparados! Contudo, precisamos, também, nos indignar com a discriminação racial e a desigualdade social, que estão na raiz desse ato bárbaro! Quando outros Gerôs vão morrer para que a sociedade acorde?

3 comentários:

Roosewelt disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Roosewelt disse...

É triste e revoltante, ainda mais saber q a sociedade fica inerte para um fato como este. Gerô foi vítima de mais uma forma de violência que ocorre neste país. Espero que este fato sirva de reflexão e mobilização pois estes porcos não podem ficar impunes. Não confio na polícia, não confio em algums instituições, mas confio na arte e da musicalidade do Gerô, esta sim é válida.

barbara disse...

Hj mesmo eu tava lembrabdo la no trabalho da greve d professores no governo roseana..em 2000...botaram até cavalaria encima d estudante e professor..por conta da nossa manifestação...
ai..chego em ksa e vejo essa absurdo!!
sem comentários..
o caso deve ser apurado e os acusados punidos...expulsos da pm..é o minimo..